Menuidioma

NETHIS participa de Oficina de Capacitação para aperfeiçoamento da BVS

  • 5 de Agosto de 2011

Com o objetivo de aprimorar a Biblioteca Virtual em Saúde Bioética e Diplomacia em Saúde, as consultoras do NETHIS, Tyara Barbosa e Rejane Cruz, participaram da oficina de capacitação do Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (BIREME), em São Paulo, nos dias 2 e 3 de agosto.

Entre as técnicas abordadas no curso, está a Metodologia Localizador de Informação em Saúde (LIS), ministrado por Sarah Oliveira. Essa metodologia tem o objetivo de garantir que os recursos de informação científica e técnica disponível na internet (sites, portais) estejam referenciados na Biblioteca Virtual em Saúde. Também participaram dessa oficina os representantes da BVS Psicologia, BVS Odontologia Brasil, BVS SMS/SP e BVS Medicina Veterinária e Zootecnia.

A Metodologia de Descrição Bibliográfica e Indexação (LILDBI) também fez parte da oficina de capacitação. O curso ministrado por Sueli Suga tratou do sistema para alimentação descentralizada de dados por meio do preenchimento de dados bibliográficos que permite a identificação do documento.

O segundo momento da capacitação, esta restrita aos membros do NETHIS, foi conduzida por Andreia Santos e teve como foco a elaboração de estratégias de busca visando aperfeiçoar a localização de informações já disponíveis na base de dados da Rede BVS, além dos futuros registros que serão inseridos.

A capacitação foi encerrada com uma apresentação das atividades vinculadas ao Grupo de Trabalho do DSpace. Segundo a bibliotecária Tyara Barbosa, “a BVS Bioética e Diplomacia em Saúde está colaborando nesta atividade, uma vez que realizará testes quanto ao uso do DSpace e da compatibilidade da metodologia LILACS, além dos quesitos de usabilidade desta base de dados”, explicou.

“O treinamento contribui para a melhoria na qualidade da informação disponibilizada na BVS Bioética e Diplomacia em Saúde, pois a partir dele podemos utilizar de modo mais adequado as metodologias definidas para cada uma das fontes”, conclui Rejane Cruz.

Na oportunidade do encontro, foram apresentados pela consultora da BIREME, Juliana Souza, os avanços da BVS Bioética e Diplomacia em Saúde, além dos próximos passos para consolidação do projeto.