Menuidioma

Nethis manifesta pesar pelo falecimento de Regina Parizi

Defensora do Sistema Único de Saúde (SUS) e precursora do ensino da bioética no
Brasil, faleceu na terça-feira, 16 de junho, a médica sanitarista Regina Parizi.

Graduada em Medicina pela Universidade Federal de Uberlândia (1979), Regina Parizi
fez mestrado em saúde pública, em 1991, na Universidade de São Paulo (USP) e, em
2013, doutorado em bioética na Universidade de Brasília (UnB).

Regina Parizi foi a primeira mulher a presidir o Conselho Regional de Medicina de São
Paulo (Cremesp), entre 1993 a 1995. Em 1995, a médica participou da criação da
Sociedade Brasileira de Bioética (SBB), entidade que presidiu de 2013 a 2017.

Como presidenta da Sociedade Brasileira de Bioética, Regina Parizi participou do V
Ciclo de Debates sobre Bioética, Diplomacia e Saúde Pública, promovido por este
Núcleo de Estudos, em 2014, quando discorreu sobre desafios da bioética ante a
cooperação Sul-Sul, ressaltado que “do ponto de vista da bioética e da ética, é
importante que a gente persiga sempre o objetivo de diminuir a desigualdade do
hemisfério Sul”. Naquela oportunidade, participou do programa Diálogos da UnBTV.

Na edição seguinte do referido Ciclo de Debates, em 2015, novamente contamos com a
sua honrosa participação, na coordenação da mesa de debates sob o tema “Cobertura
Universal de Saúde vs. Sistemas Universais de Saúde.

O Nethis manifesta toda solidariedade à família e aos amigos de Regina Parizi.