Menuidioma

Fiocruz Brasília recebe o IV Congresso de la Redbioética Unesco

  • 6 de Novembro de 2012

Programação inclui debates sobre diplomacia em saúde, Cooperação Sul-Sul, direitos humanos, religião, ética em pesquisa, novas tecnologias, meio ambiente, entre outros temas

Entre os dias 29 de novembro e 1º de dezembro, a FIOCRUZ Brasília sediará o IV Congresso de La Redbioética para América Latina e Caribe da Unesco, que tem como tema Bioética, Direitos Humanos e Inclusão Social. Para o evento, foram convidados 25 especialistas da Noruega, Argentina, Chile, Colômbia, República Dominicana, Uruguai, Peru, Jamaica e Cuba, considerados os melhores da área de todo o subcontinente, além de representantes de universidades e programas de Bioética do Brasil.

Faça a sua inscrição aqui

 
A programação dos três dias de Congresso conta com a realização de mesas, conferências, painéis e reuniões. Bioeticistas da América Latina e do Caribe irão debater os conflitos éticos dos mais diversos assuntos: diplomacia em saúde, cooperação Sul-Sul, direitos humanos, religião, pesquisa, novas tecnologias, células-tronco, meio ambiente, diversidade cultural, entre outros. “Será uma oportunidade única de ouvir e trocar ideias com alguns dos mais importantes representantes da Bioética Latino-Americana”, ressalta o presidente da Sociedade Brasileira de Bioética (SBB), Cláudio Lorenzo, que também é coordenador do programa de Pós-Graduação em Bioética da Universidade de Brasília (UnB).

A editora executiva da Revista Bioética do Conselho Federal de Medicina (CFM), Dora Porto, falará sobre Bioética, Inclusão Social e Equidade de Gênero, no dia 29, a partir das 14h30. Ela afirma que, nas últimas duas décadas, a América Latina e especialmente o Brasil vem se destacando no campo da Bioética em decorrência de sua firme posição epistemológica – voltada ao desenvolvimento de conceitos, critérios, parâmetros ou princípios capazes de promover a reflexão sobre a ética em saúde na dimensão social. “Por isso um Congresso com o tema Bioética, Direitos Humanos e Inclusão Social contribuirá para fomentar esse tipo de reflexão, essencial à construção de sociedades e sistemas de saúde mais equânimes e justos em toda latino-américa”, acredita.

Para Porto, a realização neste momento do IV Congresso Internacional de la Redbioética Unesco torna-se fundamental como ato de resistência à retirada dos Estados Unidos da Unesco em 2011, que suprimiu a organização de considerável fonte de recursos financeiros. “São recursos indispensáveis para manter os projetos educativos em andamento bem como os encontros com finalidades pragmático-acadêmicas, como os de Bioética. A realização do evento pode ser caracterizada também como ação política de rechaço à postura intolerante adotada pelos Estados Unidos”, afirma.

INSCRIÇÕES – Estudantes de graduação e pós-graduação e associados à SBB pagam a taxa de R$ 80. Outros profissionais pagam R$ 160. Após o dia 22 de novembro, o valor é alterado para R$ 100 e R$ 200, respectivamente. Os participantes receberão certificados. Há limites de vagas.

APOIADORES – O Congresso é realizado pelo Programa de Pós-Graduação em Bioética da Universidade de Brasília (UnB) e pela Sociedade Brasileira de Bioética, com o apoio da Cátedra UNESCO de Bioética da UnB, Escritório Regional da UNESCO para América Latina e Caribe, Núcleo de Estudos sobre Bioética e Diplomacia em Saúde (Nethis) e o Conselho Federal de Medicina (CFM), e é patrocinado pelo Banco de Brasília (BRB).