Covid-19: debate sobre os desafios para a equidade da vacinação

  • 12 de Fevereiro de 2021
O consultor sênior do Nethis/Fiocruz Brasília José Agenor, ex-ministro da Saúde (2006-2007), participa da sessão que será transmitida pelo canal VideoSaúde da Fiocruz

“A equidade é um dos princípios que norteiam as políticas públicas do SUS, portanto devemos garantir o acesso, tendo como foco condições de justiça que priorizem quem tem maior risco”. É o que defende o ex-ministro da Saúde (2006/2007), José Agenor Álvares, um dos palestrantes convidados para a próxima sessão dos Seminários Avançados Cris em Saúde Global e Diplomacia da Saúde 2021, que acontece na quinta-feira, 18 de fevereiro, a partir das 10h.

“Vacinas e vacinação: desafios da equidade” é o tema do evento on-line (acompanhe aqui) promovido pelo Centro de Relações Internacionais em Saúde (Cris) da Fiocruz.

José Agenor Álvares, que atualmente é assessor da Fiocruz Brasília e consultor do Nethis, analisará as diferentes perspectivas para se assegurar a equidade de acesso à vacinação no Brasil. Participam do debate o vice-diretor-geral da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas/OMS), Jarbas Barbosa, o ex-presidente da Fiocruz e ex-diretor e atual conselheiro de Biomanguinhos/Fiocruz, Akira Homma, e o vice-presidente de Produção e Inovação da Fiocruz, Marco Krieger. A médica e pesquisadora da Fiocruz, Margareth Dalcolmo, fará a moderação.