Nethis reúne Comitê Consultivo da BVS Bioética e Diplomacia em Saúde

A inserção de novos descritores, a migração para o sistema administrativo da Bireme (FI-ADMIN) e a revisão da base de dados foram os principais avanços da Biblioteca Virtual em Saúde Bioética e Diplomacia em Saúde ressaltados durante a segunda reunião do Comitê Consultivo, realizada na terça-feira, 10 de outubro, na Fiocruz Brasília.

O Núcleo de Estudos sobre Bioética e Diplomacia em Saúde (Nethis/Fiocruz), secretaria executiva da BVS Bioética e Diplomacia em Saúde, convocou a reunião presencial e a distância, de acordo com a possibilidade de cada instituição.

O diretor da Bireme, Diego Gonzalez, participou por web conferência da reunião e reforçou a importância da BVS Bioética e Diplomacia em Saúde para a rede BVS. “Esta biblioteca é fundamental porque agrega uma temática inédita, seu método de seleção de documentos é criterioso e isso se reflete na qualidade do material”, disse.

O coordenador do Nethis/Fiocruz, José Paranaguá de Santana, detalhou como é feita a seleção de documentos para inclusão na biblioteca e anunciou que planeja descentralizar a BVS Bioética e Diplomacia em Saúde para o Comitê Consultivo em 2018. “Nós realizamos atividades e mantemos contato periódico com essas instituições. Nossa intenção é fortalecer ainda mais essa rede e fazer com que pesquisadores de programas de pós-graduação de relações internacionais, bioética e saúde pública possam selecionar artigos dentro dos critérios rigorosos que estão definidos”, explicou.

A bibliotecária responsável pela BVS Bioética e Diplomacia, Larissa Cedro, conduziu a reunião e apresentou ao comitê consultivo o histórico da biblioteca, como foi o processo de inclusão de novos descritores, a migração para o sistema administrativo da Bireme (FI-ADMIN) e a revisão da base de dados que foi possível retirar todos os arquivos repetidos da biblioteca. Acesse a apresentação completa aqui.

Participaram da reunião virtual os representantes do Programa de Pós-Graduação em Bioética da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), Thiago Cunha, o diretor da Bireme, Diego González, a gerente de Serviços de Informação da Bireme, Verônica Abdala, a responsável por monitorar as instancias BVS na Bireme, Juliana Sousa, a bibliotecária da Rede BVS Fiocruz, Luciana Danielli de Araújo, e o responsável pelo apoio tecnológico da Rede na Fiocruz, Augusto Vinhaes, do Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict/Fiocruz).

Estiveram presentes os representantes da Biblioteca Central da Universidade de Brasília, Ricardo Vinícius Rosa e a Maria de Fátima Lessa, da BVS Ministério da Saúde, Sandra Cristina, do Centro de Relações Internacionais em Saúde (Cris/Fiocruz), Manoel Amorim, e o pela Cátedra Unesco de Bioética da UnB, Swedenberger Barbosa.

Print Friendly, PDF & Email