Menuidioma

Sexta edição do Ciclo de Debates discute sobre Gestão do Conhecimento

  • 29 de Julho de 2011

A importância do acesso livre à informação foi um dos assuntos que teve grande destaque no debate

Ciência e poder: Gestão do Conhecimento em Bioética, Diplomacia e Saúde foi o tema de debate do Ciclo de Debates do Núcleo de Estudos sobre Bioética e Diplomacia em Saúde – NETHIS, no último dia 28. O contexto de desenvolvimento da Política de Saúde e da Política de Informação Científica em Saúde, assim como a importância do acesso livre à informação para o SUS também fez parte da pauta de discussão.

O debate foi coordenado pelo diretor do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) e professor do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciência da Informação da UnB, Emir Suaiden, apresentado pela coordenadora da Rede de Bibliotecas da Fiocruz, Ilma Noronha e debatido pelo diretor da Bireme/OPAS/OMS, como debatedor, Pedro Urra.

Ilma Noronha fez uma apresentação sobre a trajetória histórica da informação no Brasil, a informação como direito, a restrição do acesso aos resultados da pesquisa, a dependência brasileira das publicações cientificas estrangeiras e a pesquisa em saúde no Brasil e ainda propôs a reflexão que “há uma relação entre poder, política, saúde e ciência, sendo que essa relação não pode ser ignorada”.

O Ciclo de Debates é uma atividade coordenada pelo Núcleo de Estudos sobre Bioética e Diplomacia em Saúde – NETHIS e tem a periodicidade mensal, sendo que acontece toda última quinta-feira do mês. Para a sessão de agosto, a ser realizada no dia 25, o tema para debate será “Vulnerabilidade e Globalização”.