Menuidioma

Seminário Virtual discutirá a Agenda 2030, os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e a Saúde

  • 11 de Outubro de 2016

A Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável serão o tema do terceiro Seminário Virtual da Rede Internacional de Educação de Técnicos em Saúde (RETS), que está organizado em parceria com a Rede de Escolas de Saúde Pública (RESP) e com a Rede de Institutos Nacionais de Saúde (RINS). Para debater o tema, estarão presentes o ex-presidente e atual coordenador do Centro de Relações Internacionais da Fiocruz, Paulo Machiori Buss e o secretário executivo da RINS, Felix Rosenberg.

O debate, que será mediado por Geandro Ferreira, coordenador de Cooperação Internacional da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV/Fiocruz), ocorrerá no dia 18 de outubro, a partir das 10h (horário de Brasília), no Auditório da ENSP e será transmitido ao vivo pela WEB, com tradução simultânea para espanhol. Os interessados podem acompanhar o evento presencialmente ou via Internet, por meio do link: www.fiocruz2.tvq.com.br

A Agenda 2030 da ONU para o desenvolvimento sustentável – o ‘Futuro que Queremos’

‘Agenda 2030’ foi o nome dado ao compromisso assumido por chefes de Estado e de Governo e altos representantes, reunidos, de 25 a 27 de setembro de 2015, na sede das Nações Unidas (ONU), em Nova York. Naquela ocasião, em que a ONU comemorava 70 anos de existência, estava sendo definida uma nova agenda global de desenvolvimento pós-2015, ano que marcava o término do prazo para cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM).

A Agenda 2030 é composta por 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) e 169 metas correspondentes (https://nacoesunidas.org/pos2015/agenda2030) além de propor meios de implementação que permitirão a concretização desses objetivos e de suas metas.

De acordo com o documento, apesar de os ODM terem fornecido um quadro importante para o desenvolvimento e terem resultado em um progresso significativo em diversas áreas, não houve igualdade nos processos e muitos países, especialmente os menos desenvolvidos, acabaram não chegando aos patamares desejados. A nova Agenda, portanto, pretende completar o que não foi alcançado e beneficiar, particularmente, as populações mais necessitadas.

Os signatários do compromisso reconhecem que o cumprimento da Agenda exige uma parceria global revitalizada. Eles também reafirmam a necessidade de trabalhar em um espírito de solidariedade global, em especial a solidariedade com os mais pobres e com as pessoas em situações vulneráveis. A ideia é que a implementação de todos os Objetivos e metas só será possível se os governos, o setor privado, a sociedade civil, o Sistema das Nações Unidas e outros atores trabalhem em parceria a fim de mobilizar todos os recursos disponíveis. O compromisso também ressalta que cada país é o principal responsável pelo seu próprio desenvolvimento econômico e social, cabendo ao mais desenvolvidos, entre outras coisas, um esforço para mobilização de recursos financeiros, bem como para desenvolver capacidades e a proporcionar transferência, em condições favoráveis, de tecnologias ambientalmente adequadas para os países mais pobres.

Acesse o documento final da agenda pós-2015 ao lado ou acesse no formato PDF em português (clique aqui) e em inglês (clique aqui).

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)

Acesse os objetivos globais clicando sobre cada um deles:

Objetivo 1. Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares
Objetivo 2. Acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável
Objetivo 3. Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades
Objetivo 4. Assegurar a educação inclusiva e equitativa e de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos
Objetivo 5. Alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas
Objetivo 6. Assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todos
Objetivo 7. Assegurar o acesso confiável, sustentável, moderno e a preço acessível à energia para todos
Objetivo 8. Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos
Objetivo 9. Construir infraestruturas resilientes, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação
Objetivo 10. Reduzir a desigualdade dentro dos países e entre eles
Objetivo 11. Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis
Objetivo 12. Assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis
Objetivo 13. Tomar medidas urgentes para combater a mudança do clima e seus impactos
Objetivo 14. Conservação e uso sustentável dos oceanos, dos mares e dos recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável
Objetivo 15. Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da terra e deter a perda de biodiversidade
Objetivo 16. Promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis
Objetivo 17. Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável

Material para referência e consulta:

Fonte: http://www.rets.epsjv.fiocruz.br/