Menuidioma

OMS WHA61.4 – Estratégias para redução do uso nocivo do álcool (2008)

A Resolução WHA 61.4 sugere a necessidade de avançar em torno de estratégias efetivas e baseadas em evidências na abordagem do uso nocivo do álcool, de forma a firmar maiores compromissos entre a OMS, Estados-membros e diferentes apoiadores em nível nacional. Esses compromissos são representados pelo fortalecimento dos sistemas nacionais de monitoramento de consumo de álcool, assim como pelo fortalecimento de políticas e ações nacionais de proteção das populações em maior risco. 

Um dos principais destaques dResolução foi a proposta de delineamento de uma Estratégia Global para o Uso Nocivo do Álcool, com compromisso de colaboração entre os Estados-membros e o Secretariado da OMS. Esse compromisso busca estimular a cooperação institucional entre diferentes organizações governamentais, profissionais de saúde, organizações não-governamentais, entre outros, visando à colaboração para a redução do uso nocivo do álcool 

Acesse o documento completo aqui. 

Recomendações desta resolução: 

  1. Colaborar com o Secretariado no desenvolvimento de uma versão preliminar da estratégia sobre o uso nocivo do álcool com base em todas as evidências e melhores práticas a fim de apoiar e complementar políticas de saúde pública nos Estados-membros com especial atenção aos grupos de risco, pessoas jovens e aqueles afetados indiretamente pelo consumo nocivo do álcool 
  2. Desenvolver, em conjunto com stakeholders importantes, sistemas nacionais de monitoramento do consumo de álcool, suas consequências para a saúde, bem como respostas políticas, informando regularmente à OMS 
  3. Considerar o fortalecimento das respostas nacionais para responder aos problemas causados pelo uso nocivo do álcool, baseando-se em evidências sobre a efetividade e estratégias de custo-benefício.