Menuidioma

Nethis/Fiocruz Brasília discute o legado de Giovanni Berlinguer

  • 16 de Junho de 2015

giovanni berlinguerO padrinho da reforma sanitária brasileira, o médico sanitarista italiano Giovanni Berlinguer, é tema do VI Ciclo de Debates sobre Bioética, Diplomacia e Saúde Pública do Nethis/Fiocruz, “Visões sobre Saúde e Ética para a Construção do Nosso Futuro: o Legado de Giovanni Berlinguer”. Será na quinta-feira, 25 de junho, no auditório interno da Fiocruz Brasília, às 8h30. A Escola Fiocruz de Governo emitirá certificado de participação aos presentes.

Faça a sua inscrição aqui.

Participarão do debate o pesquisador do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Roberto Passos Nogueira, militante da reforma sanitária, e o coordenador da Cátedra Unesco de Bioética da UnB, Volnei Garrafa, amigo pessoal e orientado por Berlinguer, na década de 90, quando desenvolveu seu pós-doutorado na Itália.

Berlinguer foi médico sanitarista, bioeticista, senador e deputado na Itália e militante do Partido Comunista. A exemplo dos pensadores Paulo Freire e Carl Marx, Berlinguer era um autor abominado na época da ditadura brasileira. “Eram pessoas que traziam um pensamento de renovação política para o país. Giovanni entrou na lista negra. Eles tinham um conteúdo programático que nos inspirou bastante nesse período, anos 70 e começo dos anos 80”, conta Roberto Passos Nogueira, em entrevista sobre a vida de Berlinguer para o Programa Diálogos da UnB TV.

Volnei Garrafa o define como o “mentor intelectual e ideológico do Sistema Único de Saúde”. Com mais de 40 livros publicados, um deles O Mercado Humano, fruto do pós-doutorado de Garrafa. Nesta época, entre 1991 e 1993, Berlinguer apresentou a Bioética ao amigo, “ele me abriu os olhos para a Bioética”, diz Garrafa. A pesquisa foi um estudo sobre o mercado primitivo ao mercado tecnológico: quando o homem era vendido inteiro – a escravidão – ao mercado da compra e venda de partes separadas, como rins, gametas, óvulos, etc.

Assista ao Programa Diálogos gravado com Volnei Garrafa e Roberto Passos Nogueira.

Serviço:

VI Ciclo de Debates sobre Bioética, Diplomacia e Saúde Pública

Tema: “Visões sobre Saúde e Ética para a Construção do Nosso Futuro: o Legado de Berlinguer”
Conferencistas:
Volnei Garrafa (coordenador da Cátedra Unesco de Bioética da Universidade de Brasília – UnB)
Roberto Passos Nogueira (pesquisador do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – IPEA)
Coordenador de mesa: José Paranaguá de Santana (Nethis/Fiocruz)
Data: 25 de junho de 2015, quinta-feira.
Hora: 8h30 às 12hs.
Local: Auditório Interno do Bloco Educacional da Fiocruz Brasília, campus Darcy Ribeiro – Universidade de Brasília.
Informações: 61 3329 4662.