Menuidioma

Nethis recebe visita do embaixador de Cabo Verde

  • 17 de Junho de 2014

Na manhã de terça-feira, 17 de junho, o embaixador de Cabo Verde, Domingos Dias Mascarenhas, esteve no Núcleo de Estudos sobre Bioética e Diplomacia em Saúde (Nethis/Cris/Fiocruz) para conhecer o Núcleo e a Fiocruz Brasília. O coordenador do Nethis, José Paranaguá, convidou o embaixador para ministrar conferência durante o VIII Encontro Luso-Brasileiro de Bioética e o II Encontro Lusófono de Bioética, com foco na interdisciplinaridade entre Bioética e Política Externa. O encontro está marcado para ocorrer entre 11 e 13 de setembro, em Curitiba.

“Nós temos muito interesse em dar a nossa contribuição e aproveitar toda a experiência do Brasil e de Portugal. Estive em reunião com o ministro de Ensino Superior Ciência e Inovação do meu país que apontou forte interesse do ministério e da Universidade de Cabo Verde nesta área”, disse o embaixador.

embaixador cabo verde1

Embaixador de Cabo Verde, Domingos Dias Pereira Mascarenhas, o assessor de Relações Internacionais da Fiocruz Brasília, Manoel Amorim, a pesquisadora do Nethis Maíra Fedatto e o coordenador do Nethis, José Paranaguá de Santana.

 

Mascarenhas irá mobilizar os representantes de outros países africanos de língua portuguesa com representação no Brasil (Angola, Moçambique e Guiné Bissau), para a participação no Luso, em reunião oficial na quarta-feira, dia 18 de junho, na embaixada de Cabo Verde. Ele contou que, atualmente, dois estudantes de Cabo Verde concluíram, em Minas Gerais, doutorado em Biomedicina com foco em Bioética.

FIOCRUZ – Paranaguá convidou o embaixador para visitar o Centro de Relações Internacionais em Saúde (Cris/Fiocruz), no Rio de Janeiro. Mascarenhas ressaltou que o atual gestor do hospital de Santiago – a maior ilha de Cabo Verde –  que cobre quatro regiões, concluiu sua pós-graduação na Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/Fiocruz).

Além disso, ele contou que a Fiocruz enviou três colaboradores para ajudar Cabo Verde com o surgimento da dengue e também na formação de 60 profissionais de saúde. Por fim, o coordenador do Nethis e o embaixador trocaram suas percepções sobre a cooperação bilateral entre Brasil e Cabo Verde no âmbito da saúde. “Por todo o reconhecimento da ajuda que a Fundação presta ao nosso país, estamos sempre dispostos a colaborar com vocês”, concluiu Mascarenhas. Após a reunião, Paranaguá apresentou as instalações da Fiocruz ao embaixador.