Nethis inicia disciplina sobre doenças negligenciadas

  • 12 de Março de 2021
Serão sete encontros virtuais durante o 1º semestre de 2021. Alunos de distintas regiões do Brasil e de fora do país participam da disciplina

O coordenador-geral do Nethis e a coordenadora de ensino e pesquisa explicaram a base conceitual da disciplina Desenvolvimento, Desigualdades e Cooperação Internacional à nova turma

Para uma turma diversificada, formada por alunos de diferentes campos do conhecimento, o coordenador do Núcleo de Estudos sobre Bioética e Diplomacia em Saúde (Nethis), José Paranaguá de Santana, iniciou, na quinta-feira (11/03), as atividades educacionais de 2021 com a aula inaugural da disciplina sobre doenças negligenciadas, oferecida no Programa de Pós-Graduação (PPG) em Políticas Públicas em Saúde da Escola de Governo Fiocruz Brasília.

“No século XX, consolidamos o entendimento de que a saúde deve ser compreendida como um objetivo prático realizável, entretanto as desigualdades substanciais entre os povos criam barreiras nessa direção”, falou Paranaguá. De acordo com ele, no caso das doenças negligenciadas, o contraste entre as nações fica ainda mais explícito, visto que a ocorrência dessas enfermidades prevalece nos países em desenvolvimento, onde estão as populações mais vulneráveis do globo.

Ao todo, 30 alunos participam da disciplina neste semestre, entre discentes externos e regulares do PPG em Políticas Públicas em Saúde da Escola de Governo Fiocruz Brasília.

Dinâmica circular

O coordenador do Nethis explicou que um dos objetivos da disciplina é fomentar reflexões sobre a necessidade de se interromper o círculo vicioso entre pobreza e doença a partir de mudanças estruturais mais complexas, e não apenas por meio de medidas sanitárias. É o que ocorre no contexto das doenças negligenciadas, condições como falta de saneamento básico contribuem para a propagação dessas enfermidades, assim como as próprias doenças perpetuam a exclusão social e a pobreza.

Disciplina de Pós-Graduação

A disciplina Desenvolvimento, Desigualdades e Cooperação Interacional propõe estudos sobre temas diferentes a cada semestre, mas sempre tomando por base o campo conceitual proposto pelo Núcleo de Estudos: a cooperação internacional como meio para a redução das desigualdades entre os povos. As sessões do Ciclo de Debates sobre Bioética, Diplomacia e Saúde Pública fazem parte do programa oferecido pelo Nethis.

Outras edições da disciplina já foram oferecidas na Universidade de São Paulo (USP), na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) e nas instituições argentinas: Universidade Nacional Arturo Jauretche (Unaj), Universidade Nacional de Avellaneda (Undav) e Universidade Nacional de La Matanza (Unlam).

Confira os temas anteriores abordados na disciplina Desenvolvimento, Desigualdades e Cooperação Internacional.