Menuidioma

Nethis/Fiocruz participa do 10° CRICS

O processo de seleção e categorização dos documentos disponibilizados na Biblioteca Virtual em Saúde Bioética e Diplomacia em Saúde (BVS/Nethis) foi apresentado durante o 10º Congresso Regional de Informação em Ciências da Saúde (CRICS 10), que ocorreu entre 4 e 6 de dezembro, em São Paulo.

A composição do acervo da BVS Nethis passa por uma criteriosa seleção e identificação de documentos que envolve o Comitê Técnico, especialistas nos campos da bioética, saúde pública e relações internacionais e a coordenadora técnica da BVS Nethis, Larissa Cedro.

A equipe de especialistas é descentralizada e categoriza os documentos às cegas, em um sistema eletrônico e sem interferência dos demais. São pesquisadores da Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz), da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) e da Universidade de São Paulo (USP). As categorias estão divididas em cinco tipos: 1) Bioética, Saúde Pública e Relações Internacionais; 2) Bioética e Saúde Pública; 3) Bioética e Relações Internacionais; 4) Relações Internacionais e Saúde Pública; e 5) Referências complementares. As convergências entram para a BVS Nethis e as discrepâncias são enviadas para pesquisadores seniores.

De acordo com Larissa Cedro, todo o método de categorização desenvolvido pelo Nethis garante aos usuários referências bibliográficas confiáveis e de qualidade. “Com a sistemática, o acervo de documentos disponibiliza rigorosamente informações especializadas em Bioética, Relações Internacionais e Saúde Pública”, explicou.

COMITÊ EXECUTIVO DA BVS BRASIL – Como desenvolver e manter uma instância da BVS fortalecida? A partir do tema, coordenadores técnicos de instâncias temáticas e institucionais da Rede de Bibliotecas Virtuais em Saúde do Brasil participaram da VII Reunião do Comitê Executivo da BVS Brasil, realizada em 7 de dezembro.

Em dinâmica de grupo, os coordenadores elaboraram um quadro de modelo de negócios de uma instância BVS. Após a identificação de pontos fracos e pontos fortes, foram apresentadas propostas que potencializassem o fortalecimento da BVS analisada, traçando estratégias para a consolidação dos conteúdos voltados ao usuário final. “A metodologia de trabalho da reunião criou um espaço de aprendizagem, intercâmbio e socialização entre profissionais de outras instâncias da BVS”, avaliou Larissa Cedro.

DECLARAÇÃO DE SÃO PAULO – os integrantes do Sistema Latino-americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde reunidos no CRICS 10 aprovaram a Declaração de São Paulo. O documento define estratégias para a democratização do conhecimento científico. Entre as diretrizes, a declaração aponta para a necessidade de se reconhecer a importância da intersetorialidade e a relação entre o conhecimento e as informações científicas, tecnológicas e tradicionais, para que os sistemas de saúde sejam inclusivos e respondam às necessidades de todas as pessoas.

Confira aqui a íntegra da declaração.