Menuidioma

n-Futuros/UnB promove palestra sobre os 400 anos da morte de Miguel Cervantes

  • 31 de Maio de 2016

CERVANTESO Núcleo de Estudos do Futuro da Universidade de Brasília (n-Futuros/UnB) convida para o evento “Miguel de Cervantes – 400 años de um mito”, que será realizado dia 14 de junho, no Auditório da Reitoria, às 14h30. O conferencista é o professor José Manuel Lúcia Megías, catedrático de Filologia Romântica da Universidade Complutense de Madrid, presidente de Honorário da Associação de Cervantistas e coordenador Espanhol das comemorações dos 400 anos de Miguel de Cervantes. O título da palestra de Megías é: “O homem Miguel Cervantes e os 400 anos de sua morte”.

“Estamos trazendo uma personalidade importante da Espanha, considerado o melhor especialista em Cervantes”, enfatiza o coordenador do n-Futuros/UnB, Isaac Roitman.

MIGUEL CERVANTES – O escritor espanhol nasceu em Alcalá de Henares, na Espanha, em 1547. Em 1584, escreveu a pastoral em verso Galatéia. Depois, escreveu cerca de vinte peças teatrais, entre elas A vida em Argel e Numancia. Em 1605, publicou a primeira parte de D. Quixote de La Mancha, do qual em pouco tempo foram vendidos trinta mil exemplares. Contudo, o autor só viria a concluir esta obra dez anos mais tarde. Cervantes deixou ainda, entre outros trabalhos, as Novelas exemplares (1612), uma coleção de contos; Viagem ao Parnaso (1614), revista dos poetas do tempo; Persiles e Sigismunda (1617), romance cheio de excentricidades, e diversas comédias, entre as quais se destacam O labirinto de amorO valente espanhol O juiz dos divórcios.

Para a realização do evento, o n-Futuros/UnB conta com a parceria da Embaixada da Espanha no Brasil e do Instituto Cervantes de Brasília.