Fiocruz abre Programa Educacional de Vigilância em Saúde na Fronteiras

  • 19 de Abril de 2021
Gestores e profissionais de saúde podem participar gratuitamente do Programa Educacional, que oferece cursos de mestrado e doutorado; inscrições vão até o dia 30 de abril

A Fiocruz, em parceria com o Ministério da Saúde e a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), lançou a primeira seleção pública para o Programa Educacional Vigilância em Saúde nas Fronteira (VigiFronteiras – Brasil), com 75 vagas para os cursos de mestrado e doutorado. O VigiFronteiras – Brasil foi criado para fortalecer a atuação de gestores e de profissionais de saúde brasileiros e estrangeiros que atuam nas fronteiras do Brasil.

Inicialmente as atividades acadêmicas serão oferecidas na modalidade remota (online). Quando houver a determinação do fim do isolamento social pelas autoridades sanitárias dos países de origem dos alunos, as aulas serão ministradas na modalidade presencial, nos polos de oferta do Programa Educacional: Escritório Regional da Fiocruz de Mato Grosso do Sul (Campo Grande/MS), Instituto Leônidas & Maria Deane (Fiocruz Manaus/Manaus-AM) e Instituto Federal do Amazonas (Tabatinga/AM).

Confira o edital para a chamada pública do VigiFronteiras – Brasil.