Menuidioma

Comitê Consultivo da BVS Bioética e Diplomacia em Saúde promove reunião

  • 27 de Novembro de 2019

O aumento expressivo do acervo da BVS Bioética e Diplomacia em Saúde foi um dos destaques apontados na reunião do Comitê Consultivo, fórum de deliberação da biblioteca responsável por legitimar o ambiente virtual como espaço de informação científica e técnica. A reunião ocorreu na quinta-feira, 21 de novembro, na sede Fiocruz Brasília.

Composto por instituições de ensino, pesquisa e extensão, associações científicas e organismos governamentais e intergovernamentais, membros do Comitê Consultivo reuniram-se presencialmente e via videoconferência

Desde a implementação da nova estrutura da Comissão de Seleção Bibliográfica da BVS Bioética e Diplomacia em Saúde, foram categorizados quase 600 novos documentos. Em 2018, a Secretaria Executiva da Biblioteca, coordenada pelo Núcleo de Estudos sobre Bioética e Diplomacia em Saúde (Nethis Fiocruz/Brasília), diversificou a Comissão de Seleção designando membros de outras instituições, o que tornou o processo de categorização mais dinâmico.

Outro fator catalizador da expansão do acervo foi a sistematização eletrônica desse processo. A partir do ano passado, ele passou a ser realizado por meio de um sistema eletrônico que cruza os dados inseridos pelos membros da Comissão de Seleção e separa os documentos pertinentes para compor o acervo.

A bibliotecária Maria do Socorro Alvarez, da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (FSP/USP), uma das instituições que compõem o Comitê Consultivo, parabenizou o cuidado com a seleção dos documentos do ambiente virtual. “Em uma época de grande circulação de informações superficiais, a BVS do Nethis se destaca por reunir documentos de qualidade e precisos”, disse. Ela ainda afirmou que irá buscar indicações de novos pesquisadores da FSP/USP para integrarem o Comitê de Seleção Bibliográfica.

Além da Faculdade, compõem o Comitê Consultivo a Universidade de Nova Lisboa (UNL), a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), a Sociedade Brasileira de Bioética, a Associação Brasileira de Relações Internacionais (Abri), entre outras instituições.