Alejandra Carrillo Roa

Economista Magna Cum Laude (2003) e Mestre em Seguridade Social (2009) pela Universidade Central da Venezuela. Atualmente é pesquisadora do NETHIS atuando principalmente nas áreas de cooperação Sul-Sul e Diplomacia em Saúde. Mestranda em Saúde Global e Diplomacia em Saúde da ENSP/FIOCRUZ. Em 2008, trabalhou como assistente de pesquisa para a Escola de Saúde Pública da Universidade de Yale (USA). Durante quatro anos foi economista do Escritório de Pesquisa e Assessoria Econômica e Financeira da Assembleia Nacional da Venezuela.

Aline Albuquerque Sant’Anna de Oliveira

Graduada em Direito pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), especialista pela Cátedra Unesco de Bioética da Universidade de Brasília (UnB), mestre em Direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e doutora em Ciências da Saúde, área de concentração Bioética pela UnB e Universidade de Zurique, com bolsa doutorado sanduíche da Capes. Tem pós-doutorado em Direitos Humanos. Advogada da União na Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. Conselheira do Conselho Nacional de Saúde. Membro do Conselho Científico da Sociedade Brasileira de Bioética. Professora da pós-graduação em Bioética da UnB, do curso de especialização em Bioética da Cátedra Unesco de Bioética da UnB, do Curso de Especialização em Direito Médico da UERJ, do Curso de Especialização em Direito Sanitário da Fiocruz e de Direitos Humanos do Centro Universitário de Brasília (UniCeub).

Carlos Henrique A. Paiva

Bacharel e licenciado em História pelo Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro; aperfeiçoamento profissional em Epidemiologia, pela Escola Nacional de Saúde Pública/Fiocruz; mestrado e doutorado em Saúde Coletiva, pelo Instituto de Medicina Social/UERJ. É pesquisador do Observatório História e Saúde da Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz e Professor do Mestrado em Saúde Global e Diplomacia da Saúde da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz).

Felix Rigoli

Possui graduação em Medicina – Universidad de la Republica Uruguay (1978) e mestrado em Administration de Santé – Université de Montreal (2003). Tem experiência na área de Saúde Coletiva, com ênfase em Saúde Internacional. Trabalha ha mais de 13 anos como Consultor da Organização Pan Americana da Saúde em cooperação em Sistemas de Saúde. Foi Diretor Geral do principal complexo de serviços de saúde do Uruguai e Diretor da Rede publica de Atenção Primaria a Saúde na cidade de Montevidéu, assim como consultor para Banco Mundial, Banco Interamericano de Desenvolvimento e Centro Internacional de Investigações para o Desenvolvimento (CIID, Canada), nos seguintes países: Argentina, Uruguai, Costa Rica, Paraguai. Desempenhou funções de Assessor Regional para America Latina e o Caribe desde a sede regional em Washington de 2001 a 2009, nas áreas de sistemas de saúde e recursos humanos. Atua desde 2009 como Gerente da Área de Sistemas de Saúde no Escritório da Organização Pan Americana no Brasil com atuação nas áreas de Serviços de Saúde, Medicamentos, Tecnologia e Pesquisa e Recursos Humanos.

Fernando Antônio Pires Alves

Graduado em história pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1983), mestre em História da Ciência e da Saúde (2005) e doutor em Ciências pela Fundação Oswaldo Cruz – Fiocruz (2011), área de concentração em História das Ciências e da Saúde, pelo Programa de Pós-Graduação da Casa de Oswaldo Cruz. Exerce suas atividades na Casa de Oswaldo Cruz – Fiocruz, junto ao Observatório História e Saúde, estação de trabalho da Rede Observatório de Recursos Humanos em Saúde – ObservaRH/Sgtes-MS/Opas. É professor do curso de Especialização em Informação Científica e Tecnológica em Saúde, do Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde, da Fiocruz; e do Mestrado Profissional em Saúde Global e Diplomacia da Saúde, da Escola Nacional de Saúde Pública. Tem experiência nas áreas de Documentação Histórica em Saúde e C&T; em História da Saúde, com ênfase em História da Informação Científica e Técnica em Saúde; da Educação e Trabalho em Saúde; e da Cooperação Internacional em Saúde. No Nethis, atua como conteudista do curso EaD Cooperação Internacional para o Desenvolvimento: Especificidades da Área da Saúde.

José Agenor Álvares

Bioquímico pela Universidade Federal de Minas Gerais Possui especializações em Saúde Pública, pela Escola de Saúde de Minas Gerais; em Administração Pública, pela Fundação Getúlio Vargas e em Planejamento Social, pelo CEPAL/CENDEC. Trabalhou no Projeto Integrado de Saúde do Norte de Minas – Projeto Montes Claros. Sanitarista do Ministério da Saúde onde coordenou o Programa de Interiorização das Ações de Saúde e Saneamento (PIASS), foi Secretário de Planejamento e Secretário Geral-Adjunto. Foi Consultor Nacional da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) e Presidente da Fundação Ezequiel Dias, em Minas Gerais. Coordenou o Projeto Nordeste do Ministério da Saúde. Nos últimos anos foi Gerente de Descentralização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Secretário-Executivo do Ministério da Saúde, Ministro da Saúde e Diretor da Anvisa. Atualmente é assessor da Fundação Oswaldo Cruz em Brasília.

Julio Manuel Suárez Jiménez

Médico. Especialista em Psiquiatria. Mestre em Saúde Pública pela Faculdade de Saúde Pública do Instituto Superior de Ciências Médicas de Havana, Cuba. Doutor em Medicina pela Universidade de Havana, Cuba. Pós-graduado em epidemiologia pela Universidade do Sul da Flórida, em Tampa, Estados Unidos da América e em Gestão Sanitária pela Escola Andaluza de Saúde Pública, em Granada, Espanha. Ingressou no Sistema das Nações Unidas em 1988. Trabalhou como funcionário da Opas/OMS em Cuba, Equador, Brasil, México e Chile, como consultor responsável da Cooperação em Sistemas e Serviços de Saúde. Em novembro de 2012, se aposentou da OMS. Tem artigos publicados na Opas e na Revista Cubana de Saúde Pública. Como consultor da Opas integrou equipes editoriais de publicações em Cuba, Equador, Brasil, México e Chile. É revisor da Revista Pan-Americana de Saúde Pública. Desenvolveu atividades docentes em programas de pós-graduação da Ensp/Fiocruz, FLACSO, em Santiago do Chile, e na Escola de Governo de Saúde Pública de Montevidéu, Uruguai. Também colaborou em programas de várias universidades e instituições do México, Chile e Brasil: USP, UFRJ, UERJ.

Roberto Passos Nogueira

Médico, mestre (1977) e doutor (1999) pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Consultor da Organização OPAS/OMS no Brasil (1980-86) e Washington (1987-88). Pesquisador e técnico de planejamento da Fundação Oswaldo Cruz (1989-2007). Coordenador Geral de Política de Recursos Humanos do Ministério da Saúde (1996-97). Pesquisador do IPEA desde 1998. Pesquisador associado do ObservaRH/NESP/UnB desde 1999. Principais áreas de pesquisa abrangem: recursos humanos em saúde, aspectos históricos e filosóficos da saúde e da prática médica, condições de saúde no Brasil e no plano internacional.

Thiago Rocha da Cunha

Bacharel em Biomedicina pelo Centro Universitário de Votuporanga (Unifev); Especialista em Bioética pela Cátedra Unesco de Bioética da Universidade de Brasília (UnB); Mestre em Bioética e Doutorando em Bioética pelo Programa de Pós-Graduação em Bioética da Faculdade de Ciências da Saúde (FS/UnB); Pesquisador do Núcleo de Estudos Sobre Bioética e Diplomacia em Saúde (NETHIS); Membro Suplente do Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos da Faculdade de Ciências da Saúde (CEP/FS-UnB); Membro da Diretoria da Sociedade Brasileira de Bioética – Regional Distrito Federal. Atua na linha de pesquisa Fundamentos de Bioética e Saúde Pública; Enfoca estudos sobre Ética nas pesquisas envolvendo seres humanos.